A Conferência Património Cultural Desafios XXI terá lugar nos dias 25 e 26 de outubro em Lisboa. Este encontro constitui um ponto alto das atividades realizadas no âmbito do Ano Europeu do Património Cultural em Portugal, sendo organizado pela Direção-Geral do Património Cultural em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian.

O tema da Conferência dá voz a um conjunto de desafios que o Património Cultural enfrenta nas sociedades contemporâneas, na relação com a memória e o conhecimento, a mudança social, a sustentabilidade, a gestão e a projeção do futuro. No quadro da atual complexidade do contexto económico e social, da globalização e de novos paradigmas emergentes, a Conferência pretende abordar as questões mais relevantes e pertinentes que se colocam ao Património Cultural e apontar possíveis pistas de desenvolvimento, cruzando os domínios da Cultura, da Sociedade, da Educação, da Economia e do Território.

A Conferência tem presentes os mais recentes documentos emanados do Conselho da Europa, da Comissão Europeia e da UNESCO, apresentando reflexões atualizadas, a par da difusão de boas práticas nacionais e internacionais.


São objetivos principais da Conferência:

 

Conferencistas

Para apoiar a reflexão e o debate, a Conferência apresenta um leque de oradores, envolvendo representantes de instituições europeias, dirigentes de organismos públicos de gestão do património cultural de vários países europeus, académicos, investigadores e profissionais do sector cultural. Trata-se de uma ocasião única de contar com um alargado painel de decisores, docentes universitários, técnicos e membros de organizações da sociedade civil com múltiplas abordagens das temáticas patrimoniais.

Para conhecer melhor os conferencistas, aceda às notas biográficas nesta página.


Público-alvo

 

Data e Local


Estrutura

A conferência está estruturada em três painéis: I – Património, Conhecimento e Inovação; II – Património e Sustentabilidade; III - Modelos de Gestão do Património Cultural.